Curta a nossa página
Boa noite!  Teresina, 05 de abril de 2020
 
16/02/2020 às 21h40 O âncora Você está aqui: Home / Futebol Imprimir postagem

Presidente de time da Amazônia se posiciona sobre contratação do assassino Bruno

Na noite da última quinta-feira (13), a possibilidade de contratação de Bruno para goleiro do Grêmio Atlético Sampaio (GAS) foi descartada. O ex-flamenguista é acusado de sequestro, assassinato e ocultação de cadáver da ex-namorada e modelo Eliza Samúdio.

Apesar da diretoria e mais de 80% da torcida do Leão do Norte aceitar a contratação de Bruno, o presidente do time, Jander Cavalcante, não cedeu às justificativas da maioria da diretoria técnica e afirmou que não iria contratar o goleiro Bruno para o Grêmio Atlético Sampaio (GAS).

Porém, antes mesmo da diretoria entrar em um acordo, o diretor de futebol do GAS, Borges Neto, afirmou que o empresário do goleiro havia ligado para informar que Bruno fechou contrato com um clube do Rio Grande do Sul. No entanto, em pesquisas, o documento não foi localizado.

A última reportagem sobre a contratação de Bruno foi publicada dia 5 de fevereiro e citava que o goleiro aceitou a proposta de defender a Associação Registanea Esporte Clube, time amador de Varginha, interior de Minas Gerais.

Bruno foi condenado pela Justiça mineira a cumprir mais de 20 anos de prisão pelo crime contra Eliza Samúdio, que ocorreu no ano de 2010.

 

Reproduzido de DOL


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.
lista mais

Artigos relacionados